JavaScript must be enabled in order for you to see "WP Copy Data Protect" effect. However, it seems JavaScript is either disabled or not supported by your browser. To see full result of "WP Copy Data Protector", enable JavaScript by changing your browser options, then try again.
Fazenda Água Santa, Chácara 21 - Núcleo Rural Oeste - Ceilândia Norte/DF
É POSSÍVEL VIVER SEM DROGAS/ÁLCOOL
Comunidade Terapêutica: Como se inicia o tratamento do alcoolismo
#institutoabbapai #comunidadeterapeutabrasilia
Comunidade-Terapeutica-ABBA-PAI-Comunidade-Terapêutica-Como-se-inicia-o-tratamento-do-alcoolismo

Beber bebidas alcoólicas é um hábito comum de muitas pessoas. Pensamos nesse hábito como algo que não gerador de dependência, afinal, as bebidas alcoólicas não são consideradas drogas.

Contudo, o alcoolismo é uma doença em que uma pessoa bebe excessivamente, o tempo todo e de forma incontrolável. Se tornando, dessa maneira, dependentes ao álcool.

Afinal, o que é o alcoolismo?

O alcoolismo é uma doença crônica que afeta o comportamento e o pensamento de uma pessoa, levando-a a consumir álcool compulsivamente. Atualmente, este é um problema sério de saúde pública, porém, muitas pessoas não pensam no consumo de álcool como uma doença.

O consumo de álcool afeta não apenas a saúde, mas também as relações emocionais e os papéis que a pessoa desempenha na sociedade.

Dados do alcoolismo no Brasil

No Brasil, as taxas de alcoolismo são bastante altas. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o Brasil tem o maior consumo de álcool do mundo. A média do Brasil é de 8 litros por pessoa por ano, enquanto a média em 194 países é de 6,4 litros por ano para pessoas com 15 anos ou mais.

Mais de 200 doenças e lesões estão relacionadas ao uso excessivo de álcool, e o abuso de substâncias também pode causar problemas mentais e comportamentais. Este é um problema de saúde pública no país.

Como começa a dependência do álcool?

Quando uma pessoa não consegue parar de beber, e no momento que para, então, começa a ficar doente. Dessa maneira, eles começam a beber novamente, então, os sintomas desaparecem. Isso é chamado de dependência de álcool.

A dependência do álcool resulta em sintomas comuns de abstinência, como dores de cabeça, depressão, irritabilidade, ansiedade, fadiga, agitação e tremores. A quantidade de álcool que alguém consome ao longo do tempo, juntamente com sua idade e quaisquer predisposições genéticas, determinam os sintomas que eles experimentam.

As pessoas podem se tornar dependentes do álcool muito rapidamente, mesmo antes de perceberem que estão desenvolvendo um problema.

A tolerância pode ocorrer muito rápido, que é quando o corpo precisa cada vez mais da substância para ter o mesmo efeito que tinha antes da mesma maneira que acontece com qualquer outra dependência química.

Uma vez que uma pessoa se torna dependente de álcool, seu risco de morte é alto. A dependência do álcool afeta não só a vida da pessoa dependente, mas também a sua família e amigos. Contudo, o processo pode ser tratado e controlado, desde que a pessoa se submeta a isso.

A genética pode desempenhar um papel no vício em álcool?

Embora a genética possa desempenhar um papel na predisposição de uma pessoa à dependência de álcool, a relação não é forte o suficiente para dizer que a doença é hereditária.

As pessoas que vivem em torno de alcoólatras podem ser mais propensas a se tornarem alcoólatras. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) mostram que filhos de alcoólatras têm maior resistência ao álcool, enquanto filhos de não alcoólatras se embriagam mais rápido.

A genética por trás do consumo, abuso e dependência de álcool é um assunto complexo, e não se sabe muito sobre os genes que a influenciam.

Danos do álcool no organismo

O consumo de álcool afeta o corpo de várias maneiras, dependendo de quanto foi consumido, com que frequência é usado e por qual período de tempo. O álcool afeta o corpo das pessoas que o bebem, causando danos físicos e mentais.

Existem muitos tipos de doenças que podem se desenvolver por beber muito dessa substância.

As doenças primárias são:

Câncer, as doenças cardiovasculares podem levar a doenças cardíacas, pressão alta e acidente vascular cerebral. Doenças relacionadas aos pulmões. Distúrbios gastrointestinais afetam o sistema digestivo. Eles podem incluir distúrbios do estômago, intestino e fígado, entre outros.

Distúrbios musculares e ósseos podem ser tratados com exercícios, correção de postura e, em alguns casos, medicação. Distúrbios do sistema endócrino podem afetar o metabolismo, o crescimento e o desenvolvimento. Esses distúrbios também podem causar diabete, osteoporose e obesidade.

Existem distúrbios no sangue. Estes podem ser causados ​​por muitas coisas, incluindo infecções, doenças e outros problemas. O sistema nervoso pode ter distúrbios no sistema nervoso central, como o cérebro, e no sistema nervoso periférico, como a medula espinhal.

Doenças mentais

Consumir álcool por muito tempo pode levar a doenças mentais, de acordo com transtornos psiquiátricos. Os tipos mais comuns são: O álcool causa um distúrbio chamado alucinose. Ocorre quando uma pessoa experimenta alucinações.

As pessoas que têm Transtorno Psicótico Delirante acreditam que estão sendo prejudicadas pelos outros, quando na realidade não estão. O transtorno pode ser diagnosticado quando uma pessoa se mantém firme em sua crença, apesar das evidências em contrário, ou se sua crença afeta sua vida diária.

Episódios de amnésia podem ocorrer como resultado de uma lesão na cabeça. Crises de depressão e ansiedade. Hipomania, durante um episódio hipomaníaco, uma pessoa pode se sentir extremamente feliz e confiante.

Também existe uma variedade de Transtornos de Personalidade, incluindo esquiva, obsessiva e limítrofe. Distúrbios que envolvem controle extremo do peso corporal, como anorexia e bulimia.

O alcoolismo pode levar a muitos problemas sociais, incluindo violência nas estradas, em casa, no trabalho ou na escola. O alcoolismo gera o isolamento social, pois seu consumo pode mudar drasticamente sua vida nos círculos sociais.

Finalizando, agora que você já sabe de todos os danos que o alcoolismo pode gerar não hesite em procurar ajuda, seja para você ou para alguém que você ama, afinal, a dependência ao álcool não é algo simples.

Qual a importância da comunidade terapêutica no tratamento para dependentes químicos

  • Ambiente controlado: A Comunidade Terapêutica Instituto ABBA PAI oferece um ambiente controlado onde os acolhidos podem se concentrar em sua recuperação sem as distrações e tentações do mundo exterior.
  • Acesso a profissionais especializados: A Comunidade Terapêutica Instituto ABBA PAI possui uma equipes multidisciplinares de profissionais, incluindo médicos, psicólogos, terapeutas ocupacionais e conselheiros, que podem trabalhar juntos para tratar a dependência química e os transtornos mentais.
  • Programas de tratamento personalizados: A Comunidade Terapêutica Instituto ABBA PAI oferece programas de tratamento personalizados para atender as necessidades individuais dos acolhidos.
  • Apoio contínuo: A Comunidade Terapêutica Instituto ABBA PAI oferece acompanhamento pós-tratamento para ajudar os pacientes a manter seus progressos e evitar recaídas.
  • Ajuda a lidar com o estigma: A Comunidade Terapêutica  Instituto ABBA PAI ajuda os acolhidos a lidar com o estigma associado à dependência química e aos transtornos mentais, e a se sentirem mais confortáveis em pedir ajuda.

Comunidade Terapêutica ABBA PAI

A Comunidade Terapêutica Instituto ABBA PAI, foi fundado em 2012 como objetivo ser tornar referência no acolhimento de dependentes químicos e alcoólicos. Disponibilizamos 84 leitos para atender usuários de substâncias psicoativas (álcool e outras drogas), do sexo masculino com idade entre 18 e 60 anos, oferecendo acomodações amplas e confortáveis.

Nosso programa de acolhimento, baseado nos 12 Passos de Narcóticos Anônimos e Alcoólicos Anônimos, busca desenvolver uma nova maneira de viver, com alegria, sem necessidade do uso de substâncias.

A rotina diária do Instituto ABBA PAI, envolve atividades que incentivam o desenvolvimento de uma vida saudável, com disciplina, horários, regras e normas que visam conduzir o acolhido a se auto disciplinar e valorizar o tempo, as pessoas e os recursos que estão ao seu redor. Como chegar? clique aqui

Entre em contato hoje mesmo e tire todas suas duvidas com um de nossos profissionais especializados em dependência química e alcoólica. É possível viver sem drogas, perder o desejo de usar e encontrar uma nova maneira de viver!